13/12/2018

Geradores de energia são obrigatórios em condomínios de Santos

O Código de Edificações de Santos, através do artigo 30 da Lei Complementar
nº 84, de 14 de julho de 1993, determina que prédios com elevador têm de
dispor de geradores, baterias ou outros dispositivos que garantam o seu
funcionamento temporário, no caso de falta de energia elétrica, conforme as
normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).
O artigo 60, da mesma legislação, também determina que toda edificação deve
possuir instalação elétrica projetada e executada de acordo com as normas da
ABNT, sendo que os estádios, auditórios, hospitais, hotéis, centros de compras
e outros locais semelhantes deverão ter uma fonte própria de energia, bateria
de acumuladores ou grupo de geradores.
O motivo? Abastecer a rede de emergência em casos de interrupção do
funcionamento normal.
Caso a legislação não seja obedecida, o condomínio fica sujeito às penalidades
de multa cabíveis, de acordo com o artigo 87, parágrafo único, da Lei
Complementar.

Estadual
Um projeto de lei (85/2016), que tramita na Assembleia Legislativa de São
Paulo, prevê a obrigatoriedade de instalação de grupos geradores nos prédios
que tenham elevadores em todo o Estado.
Conforme a proposta, para que o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros
(AVCB) de um prédio seja aprovado, um gerador de energia deverá funcionar
automaticamente em caso de falta de energia elétrica.
A justificativa para a criação desta regra é que pessoas podem ficar presas por
horas dentro dos elevadores em casos de queda de energia, além de
cadeirantes e indivíduos com dificuldades de locomoção que não podem
depender de escadas para se deslocar nos edifícios.

Comprar ou alugar?
O condomínio que decidir pela implantação de um gerador de energia tem duas
alternativas: adquirir seu próprio equipamento e fazer a instalação, ou alugar o
grupo de geradores. A escolha, entretanto, deve ficar a critério de cada prédio,
que deve debater o assunto em assembleia para identificar a opção que mais
se adéqua à realidade do local.
Como a compra do equipamento é de alto custo, uma saída mais viável
economicamente e eficaz a locação de geradores em empresas
especializadas.
A instalação de geradores de energia elétrica requer alguns cuidados. É
necessário que toda a parte elétrica esteja devidamente vistoriada e em
excelentes condições de uso. Outro procedimento que o síndico deve adotar é
agendar uma visita técnica para avaliar a potência e a tensão necessárias do
equipamento que irá fornecer energia ao condomínio.
A consultoria de eficiência energética e aluguel de grupos de geradores de
energia são apenas alguns dos serviços oferecidos pela Exsergia – Soluções
em Infraestrutura e Geração de Energia. Conheça mais em
www.exsergia.com.br.

Imprensa – Exsergia

Nosso canal de imprensa foi desenvolvido para fornecer notícias e manter todos atualizados sobre as atividades.